[Resenha] O Homem de Palha

6/15/2022


Livro: O Homem de Palha
Autor: Pablo Zorzi
Editora: Astral Cultural
Páginas: 368
Ano: 2022
Comprar: Físico | E-book

O livro se inicia com o prólogo de um assassino ainda sem nome, contando sobre uma de suas vítimas de 1983. A partir desse ponto, somos levados a dezembro de 1993 quando o investigador Gustavo Prado é chamado para verificar um atropelamento na autoestrada. Ao chegar lá ele se depara com o carro de Carlo Cabarca, um morador da região que vivia bêbado, e com um corpo embaixo das rodas, achando que o mesmo estava apagado por conta da bebida, resolveu apenas olhar ao redor e conversar com o policial que chegou lá para dá reforço. Enquanto aguardava mais reforço, o policial que conversava com ele adentrou a floresta e quando a outra viatura chegou ao local para auxiliar, Gustavo ficou sem entender.

Posteriormente, ele vai de encontro a outra investigadora, Allegra Green que fica à frente do caso e começam a trabalhar juntos com sua equipe, em busca de respostas. Ao chegarem no necrotério são surpreendidos com a análise dos corpos encontrados na cena do crima, principalmente com o de Elsa que estava desaparecida há 10 anos.

A história é intercalada entre o presente de Gustavo que tenta solucionar os casos juntamente com Allegra e sua equipe, seu passado e aí somos apresentados a Claire, uma pessoa muito importante para Gustavo, porém algo aconteceu a ela e ele se culpa até hoje. E entre o presente do assassino ainda sem nome.

Essa mudança de tempo entre os capítulos torna a leitura mais interessante e deixa o leitor curioso com o que está acontecendo. Voltamos ao assassino do prólogo ainda sem nome que está curioso com o aparecimento da mulher que ele matou há 10 anos. Ele acaba ficando furioso quando a morte de sua vítima é divulgada como sendo obra do Homem de Palha. Mas quem é esse assassino?

Tendo que abrir o caso da Elsa, Gustavo e Allegra voltam a procurar os amigos e familiares da vítima em busca de novas respostas que poderia ter passado despercebido pelo Adam, atual chefe do Gustavo, porém investigador do caso na época. Algo no passado dos personagens estão ligados aos assassinatos das grávidas que continua acontecendo, mas quem as empalha? É o mesmo assassino? Que recado ele quer passar?

O livro é tão bom que tudo dito anteriormente é apenas o que acontece nos primeiros capítulos, muita coisa ainda irá acontecer, muitas perguntas irão surgir durante a leitura, e muita coisa ainda terá ligação, não vou me adentrar mais na história, pois poderei soltar spoiler.

A escrita do livro "O Homem de Palha" é envolvente, instiga o leitor a querer continuar para saber o que aconteceu com a Claire, quem é o assassino, quem é o homem de palha, o que o Gustavo tem a ver com tudo isso, o que aconteceu no passado que tem ligação com o presente, como a história irá terminar. É um livro que flui e avança a história sem torná-la maçante. Simplesmente nos envolve do início ao fim e deixa um gostinho de quero mais.

O autor Pablo Zorzi tem outro livro publicado, mas essa é a primeira vez que tenho contato com sua escrita e mesmo sabendo que esse é seu primeiro thriller policial, posso afirmar que ele conseguiu atingir o objetivo de surpreender o leitor com essa obra.

Recomendo a leitura!

0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!