[Resenha] Casa das Fúrias

12/05/2021


Livro: Casa das Fúrias
Autora: Madeleine Roux
Editora: Plataforma21
Páginas: 352
Ano: 2020
Comprar: Físico

Nesse primeiro livro iremos conhecer a Louisa, uma jovem que vive na rua e fazia adivinhações para sobreviver. Só que ela irá conhecer a Sra. Haylam, que irá propor que ela vá com ela trabalhar na casa Coldthistle, por motivos maiores, ela acabará aceitando.

No caminho, ela irá conhecer Lee e seu tio que estão indo para o mesmo lugar que elas, só que eles irão se hospedar. Ao chegar lá, ela terá comida e um quarto, ela até parece gostar, mas sua curiosidade é bem maior e ela começa a descobri coisas sobre o lugar e as pessoas que a faz querer ir embora.

Mas a amizade dela com Lee é maior. Louisa irá passar por momentos bem difíceis e até irá acabar entendo melhor sobre si, mas isso não significa que ela concorda. Coldthistle guarda seus segredos e pouco a pouco, vamos entendo mais sobre seus habitantes.

Esse é o primeiro livro da trilogia e o primeiro livro da Madeleine Roux que eu leio. Confesso que a escrita desta autora me envolveu bastante e me deixou ansiosa pelas continuações que pretendo ler em breve. A história é cercada de suspense, mistério e há alguns que digam terror, eu não achei tão terror assim. Agora se você não gosta de saber detalhadamente sobre mortes, então pula a leitura.

Os capítulos se intercalam entre a história da Louisa e a capítulos de um livro escrito pelo dono da casa Coldthistle, o Sr. Mornigside, que explica muitos dos mistérios envolvendo a casa e as pessoas que nela habita. Há também algumas imagens, intercalando os capítulos que ilustra o livro que a Louisa está lendo e dá um toque mais obscuro na leitura.

É uma obra que recomendo, além de toda a fantasia por trás da história, também nos vemos refletindo sobre temas como amizade, aceitação e que como o mal vem disfarçado de bondade.

Sinopse: Louisa Ditton não tem para onde ir.Estamos no século XIX. Sozinha e com medo, Louisa acaba de escapar do terrível internato inglês onde repressão e castigos dolorosos eram a principal lição. Assim, quando encontra uma idosa que lhe oferece emprego em uma hospedagem, Louisa acha que finalmente está segura.
Logo que chega à Casa Coldthistle, entretanto, a jovem nota algo estranho. O misterioso proprietário do lugar – o sr. Morningside – proporciona a seus hóspedes não um simples lugar para dormir, mas o temido descanso eterno. Numa espécie de tribunal sombrio, o sr. Morningside e a criadagem executam sua justiça obscura àqueles que vivem impunes, e Louisa será obrigada a fazer parte desse grupo de impiedosos justiceiros.
Diante disso, a jovem começa a temer pela vida de Lee. Ele não é como os demais hóspedes: carismático e gentil, o rapaz desperta nela o ímpeto de salvá-lo do julgamento iminente. Porém, nessa casa de mentiras e putrefação, como Louisa poderá saber quem carrega a verdade?

0 comentários

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!